23 de setembro informações flash

Facebooktwitterpinterestmail

Instrumento de trabalho

Neste momento temos em nossas mãos apenas uma coisa: o Instrumento de trabalho com algumas planilhas que nos ajudam a destacar e a resumir as coisas importantes. Esse trabalho, hoje, é feito pessoalmente e a partir de amanhã, em grupos, buscaremos, no diálogo e no discernimento, as escolhas para serem apresentadas em assembleia.

O Instrumento de trabalho, como afirma a Presidente do Capítulo, Ir. Anna Maria Parenzan, “é fruto de um caminho sinodal que envolveu toda a Congregação. Um caminho desejado e solicitado também pelas superioras das circunscrições durante o Intercapítulo”. A partir das contribuições sobre esse texto, que nos ocupará durante a semana toda, surgem as linhas de ação para os próximos seis anos. Não se trata de planificação e nem de detalhes… esses serão concretizações locais de cada realidade específica. Somos chamadas a apresentar prospectivas globais, conscientes que este não será um documento exaustivo, mas que busca captar as linhas urgentes e emergentes sobre as quais convergir e investir nossas melhores forças.

Após a conclusão do Capitulo, com o Documento capitular final em nossas mãos, de fato, iniciaremos um processo que ativará outros caminhos. Mas, para chegar a isso, estamos  conscientes que, cada uma de nós, membro desta assembleia especial, deve ter grandes horizontes no coração, concretude e realismo proativo nas análises, na visão e nas escolhas.

Será que conseguiremos isso? Neste momento nossas pernas tremem e o coração sobe a 1000. Somos conscientes de nossa responsabilidade, mas temos a certeza de sermos sustentadas por Aquele que nos chama e nos envia. Lembre-se de nós na oração. Confiamos!

Até amanhã, #staytune #capitolo_ON #restiamoconnessi

Ariccia, 23 de setembro de 2019