Boletim n. 5

Facebooktwitterpinterestmail

Ariccia, 5 ottobre 2019

SEMEAR A PALAVRA
COM A FANTASIA DA COMUNICAÇÃO

Queridas Irmãs,

um AGRADECIMENTO especial a cada uma de vocês e a cada comunidade. Nós, realmente, as sentimos próximas com suas mensagens, orações, e memórias que fizeram as capitulares sentirem os limites do mundo.

Nos primeiros dias do mês de outubro, como já sabem, dedicamo-nos ao discernimento e à eleição da superiora geral e das seis conselheiras. Tudo aconteceu num clima de oração, discernimento, fé, serenidade e escuta do Espírito.

Com profunda gratidão, acolhemos aquelas que o Senhor quis dar à nossa congregação, chamando-as ao serviço de governo e à animação nos próximos seis anos:

Ir. Anna Caiazza, Superiora geral
Ir. Clarice Wisniewski, Conselheira
Ir. Bruna Fregni, Conselheira
Ir. Donna William Giaimo, conselheira
Ir. Micaela Pae, conselheira
Ir. Shalimar Rubia, conselheira
Ir. Anastasia Nduku Muindi, conselheira

Ao mesmo tempo, expressamos nosso profundo agradecimento a Ir. Anna Maria Parenzan e às conselheiras que a ajudaram nos últimos seis anos.

No dia de São Francisco, o santo que reconstruiu a Igreja de seu tempo com o poder do Evangelho, o Santo Padre nos recebeu na Sala Clementina, no Vaticano, no dia de seu onomástico.

Com visível emoção, Ir. Anna Caiazza dirigiu ao Papa Francisco palavras de estima e gratidão em nome de todas as Filhas de São Paulo espalhadas nos cinco continentes.

Agradecemos pelo seu magistério realizado mais com gestos do que com palavras; pelo testemunho de fé, humildade, desprendimento e pobreza que continuamente nos dá. Desejamos acolher suas palavras com gratidão, envolvendo-nos plenamente no “Projeto de renovação da Igreja”, que também nós precisamos muito…

O presente que desejamos oferecer-lhe é simbólico, um sinal de gratidão pelo Motu proprio sobre a Palavra; oferecemos-lhe alguns exemplares da Palavra de Deus publicados em vários idiomas pelos nossos editoriais, e os volumes do novo Lecionário em swahili, impresso para as nações africanas.

Colocamo-nos à escuta da sua palavra e pedimos-lhe sua bênção paterna sobre nós, sobre as conclusões de nosso Capítulo, sobre o novo governo que está iniciando seu mandato e sobre todos os membros da Família Paulina.

O Papa Francisco, após ouvir atentamente as palavras de Ir. Anna se dirigiu às capitulares com uma mensagem muito importante para nós, da qual lhes enviamos algumas passagens:

Queridas irmãs… O tema que escolheram… “Levanta-te e caminha” (Dt 10,11), confiando na Promessa, é fortemente bíblico, no qual é lembrada a experiência de Moisés, de Abraão, de Elias… A história da salvação, tanto da pessoa em particular quanto do povo, está enraizada na disponibilidade de partir, deixar, colocar-se a caminho, não por iniciativa própria, mas como uma resposta ao chamado e à confiança na promessa…

Nestes tempos “delicados e duros”, como dizia São João Paulo II, a fé é mais necessária do que nunca… Para vocês reencontrarem os elementos da profecia paulina, redescobrirem a itinerância apostólica e missionária, que não pode faltar à Filha de São Paulo, para poder habitar as periferias do pensamento e as periferias existenciais.

Nascidas da Palavra, para anunciar a todos o caminho luminoso da vida que é o Evangelho de Jesus Cristo, vocês têm a audácia missionária em seu DNA. Que nunca lhes falte essa audácia, conscientes de que o protagonista da missão é o Espírito Santo.

Espero que o Capítulo que vocês estão vivendo seja um momento propício para se perguntar: como expressar a profecia paulina em resposta aos chamados que nos chegam neste nosso tempo?

Trata-se de colocar-se a caminho pelas estradas do mundo, com um olhar contemplativo e cheio de empatia pelos homens e mulheres do nosso tempo, famintos da Boa-Nova do Evangelho… Gostaria de enfatizar a “compaixão”. É uma palavra tão evangélica… É a compaixão de Deus… Ser missionários com o testemunho da vida centralizada em Cristo, em particular, vocês, com a produção editorial, digital e multimedial e promovendo a formação crítica no uso da mídia e a animação bíblica… Em tempos de cansaço e frustração, Deus ordena a Elias: “Levanta-te e come” (1 Reis 19: 5)… O caminho que lhe resta a percorrer é longo (cf. 1 Reis 19, 7). Alimentadas com o pão da Palavra, sigam em frente, em meio às luzes e sombras do contexto cultural em que vivemos – arrisquem-se, arrisquem-se! -, sejam fieis à prospectiva que lhes é própria, que não é primariamente um julgamento moral, mas a busca de oportunidades para semear a Palavra, com a “fantasia” da comunicação. Nesse contexto, encorajo-as a reviver o dom da fé, deixando-se sempre iluminar pela Palavra, centro de sua vida pessoal e comunitária, na liturgia e na lectio divina. É a Palavra que mantém aceso o espírito apostólico em seu Instituto. Os presentes que vocês me oferecem expressam esse seu carisma…

Queridas irmãs, que sempre as acompanhe a proteção do Apóstolo dos gentios. Que a minha bênção, que cordialmente concedo a vocês e a todas suas comunidades em todo o mund, as acompanhe…

O último dia do Capítulo foi de louvor e gratidão pelo grande dom do 11º Capítulo geral. Dia caracterizado pela partilha da experiência capitular que levaremos às nossas comunidades nas várias circunscrições.

A saudação final de Ir. Anna Caiazza, a celebração eucarística presidida pelo pe. Valdir José De Castro, Superior Geral da Sociedade de São Paulo, e a participação da Família Paulina tornaram a conclusão de nosso Capítulo um momento de celebração e esperança para o novo caminho que nos espera.

Um agradecimento especial a todas vocês que seguiram o Capítulo através deste humilde instrumento que é o boletim. Unidas em oração, nós as saudamos com carinho.

Equipe de boletim informativo
Ir. Julieta Stoffel e Ir.
Francesca Pratillo